sábado, 1 de maio de 2010

10 maneiras de agir contra abuso sexual nas igrejas.

É difícil ler e assistir as noticias de escândalos de abusos contra as crianças pelos padres da igreja católica e não ficarmos revoltados.Mas acontece que esse não é só um problema que ocorre na igreja católica, ocorre nas igrejas protestantes também. É claro que os acontecimentos na igreja católica são muito mais freqüentes por dois principais motivos; primeiro porque a igreja católica é muito grande e muito mais difícil de ser controlada, acompanhada, e instruída. O segundo se deve ao fato da igreja católica ensinar uma doutrina de demônios (Timóteo 4:3) , os padres devem seguir o celibato, ou seja, eles não podem se casar, o que conseqüentemente acarreta maiores possibilidades de cometer algum tipo de fetiche sexual .


Foram registradas cerca de 13.000 denuncias de abuso sexual contra crianças na igreja católica desde 1950.


Como há uma diversidade muito grande de igrejas evangélicas fica muito mais difícil mensurar o numero de casos de abuso sexual, mas o fato é que os abusos ocorrem. Diante desse fato o que fazer para livrar seu filho e sua igreja de problemas como esses ?

Antes de acontecer




Conheça os fatos. Entenda que 27% das mulheres e 16% dos homens declaram ter sido abusos sexualmente quando criança. Reconheça que abusos acontecem em todas as etapas da vida.
Planeje o futuro. Esteja preparado para ajudar alguém com esse problema. Você deve ser uma pessoa aberta ao diálogo e estar sempre disponível a ajudar.
Estabeleça um método de comunicação. Todos os membros da igreja devem saber o que pode ocorrer caso venha ocorrer abuso sexual dentro da igreja. Fale sobre as leis..
Esteja pronto para acredita. Nunca fale para ninguém a não ser para os dirigentes da igreja. Mas faça isso somente depois de ter certeza. Porém se for constatado não se escandalize. Você já deveria estar preparado.
Conheça os sinais. Familiarize-se com o comportamento das crianças. Perceba as mudanças desses comportamentos.


Depois do acontecido


Proteja as vitimas. Faça o que for necessário para protejer as vitimas. A criança precisará se sentir segura para continuar sua vida o mais normal possivel.
Encoraje. Através da leitura da bíblia e oração ajude-a a continuar a vida.
Não esconda da família. Muitas vezes você será responsável em dar a noticia à família. Mostre agora sua maturidade com a ajuda à família.
Estabeleça um sitema de comunicação. Procure ajuda, leve ao conhecimento da alta cúpula da igreja. Ajude com sua idéias.
Conte com ajuda de um profissional. Após o abuso ser descoberto será necessário encaminhar a criança e talvez até a família a um psicólogo.




Adaptação de texto: safechurch.com

2 comentários:

Gospel Blog Brazil 24 de setembro de 2010 16:57  

Acesse, siga e fique sempre bem informado com notícias, entretenimento e vídeos gospel:
http://gospelblogbrazil.blogspot.com/

Aurelio MC Gomes 27 de outubro de 2010 08:09  
Este comentário foi removido pelo autor.

Followers

About Me

Minha foto
Casado,pai,músico,estudante, resumindo: FELIZ

Text

UBE_K1

  ©Template by Dicas Blogger.